Mudamos de Endereço

Migramos para novo endereço.

Alterem seus "Favoritos"!

http://www.brunoaccioly.com.br/

agosto 12, 2005

Trapiche Gamboa

Novidade deliciosa para mim, a casa foi inaugurada em fins de 2004, em um dos bairros de nascimento do samba, e transborda de charme do início ao fim da noite.

Com pé direito altíssimo e internamente devassado, ao entrar a gente se sente engolido por um outro mundo, uma espécie de micro-cidade cenográfica que lembra uma Santa Tereza embelezada, um cortiço festivo ou uma qualquer-coisa bela que tira o chão da gente.

Regados à Dom Cândido (R$ 24,00), tivemos a oportunidade de ouvir a performance do Gafieira da Lua - com Eduardo Galloti - que nunca deixa a desejar.

O charme do lugar fica ainda mais acentuado pela beleza das moças que, simpaticamente, são só sorrisos e vontade de se divertir na extensa pista de dança.

Os músicos, aliás, se dispõem diante da pista, sentados à volta de uma mesa em estilo colonial e brincando com os velhos amigos que, invariavelmente sentam perto deles para prestigiar os arautos de tantas noitadas maravilhosas.

Em termos do vil metal, ao contrário do que se poderia imaginar, a casa é até bem barata. São R$ 10,00 de entrada e cada garrafa de Brahma ou Skol custa razoáveis R$ 4,00. A capirinha de pitanga e as cachaças mineiras são bastante procuradas e os petiscos vão das tradicionais "fritas" aos pastéis e filés aperitivos.

O caldinho de feijão é bom de não querer mais parar de beber e o clima é envolvente demais, mesmo para aqueles que nunca freqüentaram lugares de Samba e Chorinho.

As mesas são confortáveis, os garçons educados e atenciosos, a freqüência não podia ser melhor, a decoração uma gracinha, a música sensacional. Até mesmo os banheiros são muito bem cuidados.

Vale aparecer por lá para dar uma olhada!

Programa da casa
Retirado do site: Samba-Choro.com.br
Agenda publicada em 12 de Agosto de 2005

Horário: Qua (21h) Qui (22h) Sex (22h) Sáb (22h)
Couvert: R$10,00
Consumação: Sem consumação
Endereço: Rua Sacadura Cabral, 155 (Gamboa) 2516-0868 Rio de Janeiro - RJ

Quartas
Grupo Gafieira da Lua - com Eduardo Galloti, Alfredo Del Penho, Pedro Hollanda, Samuel de Oliveira, Miro do Surdo e Serginho do Pandeiro.

Quintas
Grupo musical formado por Luciano (voz e tamborim), André Pressão (percursão e voz), Clevison (cavaco e voz), Papal (pandeiro e voz), Ricardo Galhardo (violão) e agora com o reforço do bandolinista Henry Lentino.

Sextas
Roda de samba - com Eduardo Gallotti (voz e cavaquinho), Marquinho Basílio (surdo), Paulinho Marques (violão) e Almir (pandeiro) e Eduardo Medrado (voz).

Sábados
Grupo Galocantô - com Rodrigo Carvalho (voz e percussão), Pablo Amaral (cavaco e voz), Marcelo Correia (violão de 7), Pedro Arêas (percussão e voz), Lula Matos (percussão e voz) e Léo Costinha (surdo).


Bruno Accioly

Sarcasmeie você também (1)
Categoria: Música Brasileira

setembro 22, 2004

Choro e Rio

Com influências que vão do schottisch e da valsa até o minueto e da polca, o "Chorinho" - como os puristas não chamam mais - tem pés não só na Europa, com raízes até na África.

De jeitinho choroso de interpretar uma melodia no final do Século XIX, os "chorões" acabaram por criar um novo discurso musical, que chegou a sua forma mais definitiva na primeira década do Século XX.

Continuar...

Bruno Accioly

Sarcasmeie você também (4)
Categoria: Música Brasileira