Mudamos de Endereço

Migramos para novo endereço.

Alterem seus "Favoritos"!

http://www.brunoaccioly.com.br/

outubro 24, 2007

Você é um MediaSnacker?

Mais um neologismo passageiro que entra em cena para confundir e vai logo cair no esquecimento ou um conceito realmente importante e que dá nome aos bois nos quais nos transformamos?

Eu estou que quase choro depois de ver este vídeo deliciosamente bem montado, mas o gosto que fica na boca depois de ver não é lá essas coisas.

Não vou eu ficar diante do rolo compressor da História e do Progresso, mas não sei se acredito que mudança é só Mudança. De vez em quando eu tenho uma boa dose de convicção de que conseqüências existem e que é através delas que a gente mede o que é bom e o que não é.

O vídeo fala de um tipo de pessoa fruto do nosso tempo e acaba arregimentando uma enormidade de gente a ser o Ser ali descrito nessa peça bacana de marketing.

Espero que minhas preocupações sejam infundadas e que o culto ao óbvio, ao superficial e a globalização do pensamento, façam mais parte de um discurso fatalista do que da realidade como se desenrola.

Quando a Lei Seca acabou, depois de tanta luta dos Federais para acabar com o tráfico de bebidas alcoólicas, perguntaram para Eliot Ness: "Agora que a Lei Seca acabou o senhor vai fazer o que?", ao que ele respondeu - "Vou encher a cara!".

Se eu estiver errado, então, e não houver com o que se preocupar, vamos "pedir mais uma", rir das preocupações e aproveitar os prazeres advindos deste "Admirável Mundo Novo".

Se você ainda não captou o que é um MediaSnacker, aí vai um snack pra você: trata-se de uma pessoa jovem em 2007, uma criatura que se alimenta só do fast-food da media, de informação almanáquica e superficial; No fim, trata-se da geração da Era da Informação; É a postura cínico-niilista de que o mundo está mudando e isso não tem como voltar atrás. É a morte do indivíduo pelas mãos e ideologia do próprio indivíduo; É a segregação da opinião no campo da intolerância argumentativa; É entrar no domínio da opinião e esquecer que argumentar existe.

Como Luhan e Baudrillard, cada um a seu modo, alardeavam: Quanto maior a quantidade de Informação, mais inacessível se torna o Conhecimento.

Em outras palavras, na Era da Informação, não há Conhecimento possível... largamos o Todo para nos interessarmos somente pelas Partes.

Ei! Mas como eu disse, se for só alarmismo... tô dentro!


Atenção: O sistema de comentários vai voltar a funcionar somente no novo blog.

Bruno Accioly

Sarcasmeie você também (0)
Categoria: Tecnologia

outubro 05, 2007

OLPC

Eu amo tecnologia! Sobretudo quando se trata de algo realmente bem pensado, responsável, engajado e que mostra o lado humano de quem idealizou a trapizonga.

olpc000.jpg

O OLPC, uma sigla para One Laptop Per Child, ou Um Laptop Por Criança, me deixou cético a princípio. Eu realmente acho que há coisas mais importantes do que a inclusão tecnológica e que inclusão tecnológica sem inclusão social acaba não servindo pra muita coisa.

Não é o caso. O OLPC é uma graça, funciona que é uma beleza e faz parte de uma das iniciativas mais impecavelmente nobres que já vi em toda minha vida.

Pra mim, o OLPC é candidato a ser a melhor invenção depois da Roda! =)

Dêem uma olhada no vídeo do David Pogue e julguem vocês mesmos.


Você já visitou o Desígnios hoje?

Bruno Accioly

Sarcasmeie você também (0)
Categoria: Tecnologia

Yahoo! com Assistência de Busca

O grande alarde sendo feito pela Yahoo! sobre seu novo mecanismo de Assistência de Busca é justificado?

yahoosearch00.gif

Eu NUNCA mais usei. Sempre que caí lá foi por acaso, mas ainda tem muita gente que usa o Yahoo! no lugar do Google. Enquanto o Google aposta em um visual mais espartano, simples e sem muitas características marcantes - ao menos se você não usa o iGoogle - o Yahoo! vêm explorando bastante conteúdo e as inovações de sua poderosa API em suas páginas.

A princípio a idéia parece boa, apesar de as buscas do Yahoo! tenderem a ser menos relevantes que as do Google e que suas funcionalidades novas não sejam tão mais interessantes assim que as do Ask.com, por exemplo.

O que me incomoda, na verdade, não é eles quererem colocar mais funcionalidades - eu mesmo gosto de testar widgets novos em meus sites e tal - mas vamos e convenhamos... quando isso acontece, é porque a coisa não tá legal!

yahoosearch01.gif

Não é segredo para ninguém que tanto a API do Yahoo! quanto a API do Google são sensacionais, mas pelo menos o pessoal da Google usa certo!

Testei e re-testei o treco lá e é bem interessante sim. Continuam não fazendo boas pesquisas e seus widgets multimedia continuam sofríveis... mas tá... vá lá, valeu o esforço.

A funcionalidade ainda está disponível somente na versão em inglês, portanto, é preciso que o usuário acesse o Yahoo! em: Yahoo!.

Teste você também! De repente você se adapta.

yahoosearch03.gif

Bruno Accioly

Sarcasmeie você também (0)
Categoria: Tecnologia

outubro 04, 2007

Safari para Windows

imacmine00.jpgEu fui o último a saber que ela me traiu! E foi com o meu Tio!

Eu soube tarde demais - ou não quis acreditar quando me contaram e acabei esquecendo - que a Apple lançou um Safari para a plataforma Windows.

Eu sou fã da Apple até debaixo d'água, indulgente pacas com Steve Jobs, defensor dos "pobre" criadores do Macintosh e admirador da realidade que eles vêm ajudando a criar.

O Steve, definitivamente, é o safado mais gente boa que eu conheço... mas vacila.

Quando eu soube que era verdade, que eu poderia ter um Safari no meu pobre PCzinho, resolvi baixar.

Eu simplesmente amo o software da Apple. Eles realmente têm Gosto!

O Safari é lindo, funcional, pintoso e se eu tivesse uma filha eu incentivava ela a dar pra ele.

Mas não tem jeito... todo pai acaba se aborrecendo com o namorado da filha.

Apesar de TUDO ficar mais lindo (e fica mesmo, tente você também) quando acessado pelo Safari, ele não é um navegador pra quem usa gMail e é Blogueiro.

Digo isso porque, depois de digitar esse belíssimo texto no WordPress para publicar no Desígnios, apertei o botão de Publicar para depois descobrir que quase nada havia sido publicado.

Felizmente o botão de voltar me permitiu ver o texto digitado na íntegra. Tentei publicar novamente e nada. Fui ver até onde o texto havia sido salvo e descobri o que havia de diferente na palavra que fora cortada pela metade: ela era acentuada!

Não acreditei que os fabulosos engenheiros da Apple poderiam ter cometido um erro tão besta. Imediatamente fui buscar a interface de reclamação ou envio de bugs. Como eu esperava a interface lá estava... Linda, claro. Informei o erro e voltei para o meu problema.

Copiei todo o texto que eu havia digitado e acionei o melhor Navegador de Internet de toda a Galáxia, o FireFox, aquele que JAMAIS me deixa na mão.

Tentei colar o texto no WordPress e, para meu espanto, o texto veio cortado... NO MESMO PONTO! "Ah, Zeus", pensei eu para comigo mesmo e todo panteão de Deuses Gregos, "Eles não fizeram isso!!!", mas haviam feito. Até o copy & paste do pessoal da Apple é especial.

Tive de copiar todo o texto na mão e ir acentuando tudo no FireFox, que não tem esse tipo de problema estúpido.

Fiquei arrasado... Até porque ele é bem mais rápido que os demais e o renderer - o mecanismo que desenha fontes e imagens na tela do Safari - deixa tudo muito mais suave do que aparece na tela de qualquer outro navegador.

Ainda não é o momento, mas se você quiser baixar o Safari para Windows - e não for usar gMail ou Blogar, siga o endereço ao lado: http://www.apple.com/safari/

A moral da história, para alguém como eu, provavelmente será diferente da moral da história identificada por qualquer outra pessoa: "A Apple não tem de aperfeiçoar seu software pra Windows... Eu é que tenho que comprar um iMac!"

imacmine.jpg

Você já visitou o Desígnios hoje?

Bruno Accioly

Sarcasmeie você também (1)
Categoria: Tecnologia

setembro 26, 2007

Google Reader RSS e etc

rssiconbig.jpgÉ assustadora a quantidade de gente que nunca ouviu falar, já ouviu falar mas não sabe o que é, sabe o que é mas não usa o Google Reader

Não é difícil, gente. Na verdade, é tudo de bom =)

O Google Reader é um site que permite que, ao invés de visitar 5, 10 ou 50 blogs e sites de notícia por dia, você tenha toda esta informação em um único lugar.

Quase todo site, hoje em dia, apresenta um ícone como este laranja aí ao lado, que permite que você, ao clicar sobre ele, "assine" o conteúdo do site em questão.

Ao assinar este conteúdo você passa a poder acessá-lo sem dificuldade no Google Reader.

O vídeo abaixo vai dar mais detalhes, mas você pode conseguir sua conta no Google Reader aqui: www.google.com.br/reader

Em seguida divirta-se assinando os blogs e sites de notícia de sua preferência!

Bruno Accioly

Sarcasmeie você também (0)
Categoria: Tecnologia

Amazon mp3 beta

amazonmp3.gifEis que aconteceu. A Amazon, a gigante de logística de distribuição, conhecida como mais bem sucedida loja online de Livros, CDs e DVDs do mundo, colocou no ar um serviço de venda de músicas no formato mp3 a preços competitivos e sem o contra-tempo de só poder tocar a media em um equipamento e bizarrices do gênero.

drm.gif O serviço não está sob o jugo do DRM e, portanto, sem restrições do número de vezes que dada música pode ser ouvida, equipamento no qual pode ser tocada ou data de validade

A Amazon oferece os arquivos em CDs ou via downloads.

Todos os dias novas músicas estão disponíveis de uma seleção de mais de 2 milhões de músicas de artistas independentes e de grandes gravadoras. A Amazon promete novos acordos para garantir maior quantidade nos próximos meses.

Os arquivos são criados em 256Kbps, garantindo maior qualidade de áudio com um tamanho em Kbytes razoável e a preços de cair o queixo.

Um álbum inteiro pode custar menos de US$ 5,00 e cada faixa chega a custar cerca de 90 centavos de dólar. De repente o Google AdSense podia até fazer um acordo e passar a pagar os seus usuários com faixas de mp3 da Amazon! (Você leu isso primeiro aqui!) =)

Não tem jeito. As gravadoras vão ter de mudar de postura, é verdade, mas até mesmo os serviços de distribuição de mp3 também vão precisar se curvar a essa liberação. A EMI e a Universal já estão na arca de noé que a Amazon fez. É bom que as demais gravadoras sigam o exemplo ou então vai ter muito sujeito afogado por aí!

Se quiser dar uma olhada na loja, vá no link abaixo:

Amazon mp3 beta

Bruno Accioly

Sarcasmeie você também (0)
Categoria: Tecnologia

setembro 25, 2007

Estão usando o Processamento do seu Cérebro

setiinstitute.gifFaz tempo... e não é só graças aos computadores. Cada coisa que fazemos, cada comportamento que assumimos acaba por alimentar alguma pesquisa feita em algum lugar e vai ajudar alguém a fazer um bando de outras pessoas gastar mais nisso ou naquilo.

Não é uma onda nova nem nada! Na verdade, é uma forma de pensar e de aproveitar a capacidade da massa humana de trabalhar para si mesma (ou para terceiros).

setiathome2.gifFaz algum tempo o SETI - Search for Extra Terrestrial Inteligence - lançou um programinha chamado SETI@Home, que você instala na sua máquina para que ela, quando ociosa, ajude na análise da colossal quantidade de dados que o array de antenas do SETI jogam nos bancos de dados há tantos anos.

stanford.gif O mesmo acontece com um programa chamado Folding@Home, desenvolvido pela Universidade de Stanford, para que, instalado em seu computador, ajude na criação da cura de doenças como Alzheimer's, Vaca Louca (BSE), CJD, ALS, Huntington, Parkinson e vários tipos de Câncer, bem como síndromes relacionadas ao Câncer.

foldingathome.gif Aproveita-se assim os computadores do mundo todo, que estão ligados em rede para, voluntariamente, solucionarem problemas humanos.

Mas não é só com máquinas que dá pra fazer isso.

palm.jpgA Palm, por exemplo, criou o seu PDA já contando com a capacidade de memória e o poder de processamento do cérebro de seus usuários. Ao invés de gastar rios de dinheiro no desenvolvimento de um sistema caríssimo que entendesse a escrita humana a empresa preferiu criar um alfabeto fixo que restringisse a necessidade de processamento contando com o fato de que seus usuários seriam capazes de lembrar de tal alfabeto.

Parece um uso bem discreto do nosso cérebro, mas quem já usou um Palm tem encruado lá na memória aquele maldito alfabeto denominado Graffiti - isso se não pensarmos no inferno que foi quando saiu uma nova versão do Graffiti.

palmgraffiti.gifPois bem... Como Google escreve certo por linhas tortas, resolveu também dar uma de espertinho e usar do Seu tempo, da sua capacidade de análise de padrões, dos seus olhos e do seu cérebro, para tornar seus sistemas ainda melhores e para nos atender melhor.

Trata-se do Google Image Labeler, e funciona assim... Você entra em um site e o Google te coloca "frente-a-frente" com um outro usuário que esteja nessa mesma página. Por um período de dois minutos, será exibido, para você e o outro usuário, o mesmo conjunto de imagens, na mesma ordem. Será necessário que, a cada imagem exibida, ambos os "jogadores" forneçam "rótulos", descrições, que sejam representativas daquela determinada imagem. Quando o seu "rótulo" coincidir com o do outro usuário, vocês angariam pontos, dependendo de quão específicas são as descriçoes.

googleimagelabeler.gifAo fim dos dois minutos você tem a "oportunidade" de ver de onde eram as tais imagens e de ver quantos pontos fez naquela seção de "jogo".

1984logo.gifO objetivo? O objetivo é que, quando você busque uma imagem, o Google seja mais competente em encontrar algo representativo daquilo que você quer.

Brilhante, simples, auto-sustentável - um tanto maquiavélico e perverso de algum jeito que fica até difícil de explicarOu será que essas coisas são todas preocupações de dinossauros? - e é mais um reflexo destes tempos Webedoispontozerístas que vivemos.

Bruno Accioly

Sarcasmeie você também (0)
Categoria: Tecnologia

setembro 21, 2007

Google, Espalhando o Amor até debaixo d'Água

googlepacific.jpg

O Google, esta empresa formidável que vem espalhando o amor pelo planeta desde que sua face flutuou sobre a face das águas, começou a estender seus benévolos tentáculos além mar, cabeando o Oceano Pacífico com fibras óticas.

Não se tem certeza se o tráfego de dados - que vai baratear enormemente para a Google - vai alavancar uma iniciativa googliana de prover serviços de Internet.

Se isso acontecer, contudo, o impacto negocial para empresas provedoras de Internet pode ser bastante significativo. Afinal, Internet, Wireless e Google são a divina trindade.

Muita gente diz que é boato, mas ainda tem a história deles lançarem um Google Phone. Além de ser um ótimo candidato a seção de Tecnologia do meu outro blog, o gPhone pode bem ser a pancada que o iPhone não queria levar.

Com o cabo no lugar, o Google entrando no mercado de provedor de acesso e o gPhone liberando VOIP pra todo mundo, só vai faltar o Buda Maytreia, Krshna, Gilgamesh, Jesus, Neo e Elvis descerem dos Céus em um Cadilac vermelho cantando "Aquarius"!

googlephone.jpg

When the moon is in the Seventh House
And Jupiter aligns with Mars
Then peace will guide the planets
And love will steer the stars

This is the dawning of the age of Aquarius
The age of Aquarius
Aquarius!
Aquarius!

Harmony and understanding
Sympathy and trust abounding
No more falsehoods or derisions
Golding living dreams of visions
Mystic crystal revalation
And the mind's true liberation
Aquarius!
Aquarius!

When the moon is in the Seventh House
And Jupiter aligns with Mars
Then peace will guide the planets
And love will steer the stars

This is the dawning of the age of Aquarius
The age of Aquarius
Aquarius!
Aquarius!

Harmony and understanding
Sympathy and trust abounding
No more falsehoods or derisions
Golding living dreams of visions
Mystic crystal revalation
And the mind's true liberation
Aquarius!
Aquarius!

Bruno Accioly

Sarcasmeie você também (1)
Categoria: Tecnologia

setembro 20, 2007

Projetores para Celular

Eu já havia pensado nisso nos idos de 1991 mas, como diz o Cris Dias, "idéia não é nada... implementação é tudo!"

Pelo visto eu devia ter levado adiante uma carreira "promissora" (?) como escritor de ficção científica, pois vivem implementando idéias que eu, Cris e Maron tivemos na época que jogávamos RPG.

Ainda vou comentar melhor isso no Desígnios.com.br, mas, só pra vocês terem uma idéia do que esta nova tecnologia é capaz, dêem uma olhada no vídeo abaixo.

Contanto que nenhum espírito de porco resolva usar isso na parede do cinema, pode ser que esta seja a solução fantástica para assistir vídeos de celular em uma tela de tamanho decente e de fazer tele-conferências de forma mais confortável.

Vimos o conceito no filme "A Ilha", com Ewan McGregor, quando sua personagem usa o projetor para se comunicar com outra pessoa e vê-la em tamanho viável na parede do quarto.

Bruno Accioly

Sarcasmeie você também (0)
Categoria: Tecnologia

setembro 18, 2007

Google tarda mas não Falha

As cartas estavam marcadas desde que o gMail embutiu uma funcionalidade de visualização de arquivos do PowerPoint...

...mas já faz tempo que o Google está telegrafando o lançamento do Presently, o concorrente do MS PowerPoint cujo custo de propriedade é o mais baixo do mercado: ZERO!

Com isso o Google já tem uma suite de aplicações web sem paralelo em termos de produtividade, portabilidade e usabilidade.

O que falta?

Do meu ponto de vista o que falta é que o Google Gears, que permite o uso do Google Reader sem estar conectado a Internet, passe a funcionar também com o Google Docs e com o Google Spreadsheets.

Quem não usou nenhum dos dois devia reconsiderar. O MS-Office é o pacote mais pirateado do mercado e a probabilidade me diz que a grande maioria das pessoas que vem neste blog usam uma cópia não licenciada.

Para que sujar as mãos se você tem uma Internet confiável e uma aplicação de qualidade que substitui o Word, o Excel, e o PowerPoint?

Em sendo você e não tendo uma conta no gMail eu parava de ler isso aqui e começava a trabalhar em minha inclusão digital!

Vá já fazer uma conta e começar a usar o Google Office!

Eu já não uso o Word pra nada!

Bruno Accioly

Sarcasmeie você também (0)
Categoria: Tecnologia

junho 26, 2007

I'm an iBook flippa!

Enquanto eu não preparo meu pequeno artigo sobre a Apple - me aguardem! - dêem uma olhada nesse magnífico debate musical. Uma delícia de ver como é que Steve Jobs e Bill Gates mudaram o planeta com sua ousadia e genialidade.

O original, no YouTube...


Bruno Accioly

Sarcasmeie você também (0)
Categoria: Tecnologia

junho 07, 2007

Barbearia Virtual

barbershop01.jpg

Simples simples, mas um ótimo exemplo do poder das nossas mais simples tecnologias e seu potencial de imersão. Ouvindo isso aí com headphones fica fácil de pensar que tem alguém andando a sua volta.



Bruno Accioly

Sarcasmeie você também (0)
Categoria: Tecnologia

fevereiro 23, 2007

Web 2.0

Poucas vezes pude ver algo mais eloqüente acerca do fenômeno Web 2.0, mas este vídeo me pegou pelo pé. Tanto que não tive como não repetir aqui o post da Helenice, mãe do Cristiano Dias.

Bruno Accioly

Sarcasmeie você também (2)
Categoria: Tecnologia